Dicas de obra

Guia completo sobre o cimento

Atualmente, a construção civil utiliza-se amplamente do cimento e essa utilização tem diversas razões. Podemos começar pela capacidade desse material de oferecer uma grande resistência a compressão com o passar do tempo. Isso, claro, caso realize-se a sua mistura com água.

Dada a importância desse composto, nós decidimos criar este conteúdo mostrando de maneira detalhada tudo o que você precisa saber sobre ele.

Então, se você tem interesse em conhecer um pouco mais sobre o assunto, continue acompanhando este conteúdo que foi especialmente feito para você!

Entendendo um pouco mais a respeito desse material

O cimento não é uma substância “simples”, afinal de contas, ele acaba sendo uma mistura de várias substâncias, como calcário, argila, minério de ferro, gesso, pozolana, entre outros.

O gesso, por exemplo, possui a capacidade de retardar o endurecimento da mistura. Isso porque naturalmente o cimento reage instantaneamente a água, endurecendo no mesmo momento em que o contato realiza-se.

Já a pozolana serve para dar ao cimento uma capacidade impermeável, tornando possível utilizá-lo em ambientes onde existe um contato constante com a água.

Também há o fíler, que serve para que dar uma capacidade de trabalho maior para o cimento, tornando-o mais resistente.

Quais são os tipos?

Existem diferentes tipos de cimento e cada um possui suas próprias características. São eles:

  • CP I: É o cimento mais puro, utilizado em ambientes não agressivos.
  • II: É o mais utilizado nas obras da construção civil.
  • CP II-E: É mais resistente a compostos agressivos (sais minerais e enxofre)
  • II-F: É ideal para concreto, argamassa de chapisco, assentamentos e revestimentos.
  • CP II-Z: Possui maior impermeabilidade.
  • III: É mais sustentável e pode ser utilizado em qualquer tipo de obra.
  • CP IV: Altamente impermeável. Ideal para locais agressivos.
  • V- ARI: É indicado para a fabricação de estruturas de concreto protendido.
  • RS: Indicado para obras de grande porte.
  • CPB: Utilizado em peças arquitetônicas por obter uma coloração branca após a secagem.

Uso do cimento: Como fazer do jeito certo?

Em uma obra, você pode usar o cimento para as mais variadas finalidades, então não é preciso se preocupar muito a respeito disso.

O grande ponto a respeito do uso do cimento está principalmente na sua quantidade. Afinal, da mesma maneira que a diferença entre o veneno e o remédio é a dose, a diferença entre um bom uso do cimento e um mau uso também será a dose.

Existem diversas razões para o uso do cimento e você precisa se atentar a elas. Caso faça uma argamassa muito “forte” para o seu reboco, verá que ele vai secar muito rápido e isso pode fazer com que ele venha a queimar.

Da mesma maneira, o uso de uma massa muito forte para a argamassa de assentamento pode dificultar o trabalho por conta da sua secagem. Então, para usar o cimento do jeito certo, sempre use ele nas quantidades adequadas.

Também é importante que a argamassa seja feita com os componentes certos, para que assim a sua utilização seja perfeita!

Como deve armazenar-se o cimento?

Se você está prestando muita atenção no nosso conteúdo, certamente já deve ter percebido que existe uma relação muito clara entre o endurecimento do cimento e a água. Por isso, o cimento jamais deve entrar em contato com esse tipo de substância até que seja adequado.

Mantenha o cimento longe do chão, separado por plataformas de madeira que também não façam um contato direto com o chão. Os pallets são muito indicados, afinal, mesmo estruturas feitas com tijolos podem vir a endurecer o cimento, devido a umidade.

Além disso, eles devem se manter 30cm afastados da parede e 15cm do chão, assim como devem ser empilhados no máximo 10 sacos. 

O armazenamento do cimento deve ser feito com o maior capricho possível, pois uma vez que ele seja exposto a umidade e se empedre, será impossível usá-lo.

Ficou com alguma dúvida sobre o assunto? Então deixe o seu comentário ou entre em contato conosco para que possamos te ajudar! 

Quer ver mais dicas sobre materiais para obra? Acesse nosso site! Além disso, acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das nossas ofertas!

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *