Dicas de obra

Aprenda a escolher e aplicar rejunte para piso

escolher-e-aplicar-rejunte-para-piso-distribuidora-campeao

Escolher o rejunte para piso adequado para suas necessidades é algo fundamental. Afinal, por mais belo que um piso ou porcelanato seja, a utilização do rejunte errado pode fazer com que todo o charme seja jogado no lixo.

Ou seja: você pode acabar perdendo tempo, dinheiro e o senso estético do seu ambiente de uma vez só. É justamente por esse motivo que o seu rejunte precisa ser perfeito!

Mas fique tranquilo: acertar nessa escolha pode ser mais simples do que se parece. De fato, tudo o que você precisa fazer é ler este conteúdo até o final com muita atenção e, então, tudo ficará mais fácil.

Tá preparado para descobrir como escolher e aplicar o rejunte? Então, confira o conteúdo abaixo!

Escolhendo o rejunte para o revestimento

Antes de qualquer outra coisa, é importantíssimo definir de forma clara qual é a serventia do rejunte para piso. Na prática, o rejunte é utilizado para preencher o espaço que fica vazio entre os pisos, garantindo que a água não entre no contrapiso e também para garantir a estética dos pisos e porcelanatos.

Atualmente, existem 3 tipos de rejuntes no mercado e, obviamente, você precisa saber quando utilizar cada um deles para poder fazer uma boa escolha.

O rejunte cimentício possui uma aplicação bem tradicional, onde a argamassa de rejunte é misturada com a água para que ele possa ser aplicado. Utiliza-se em áreas internas, externas e até mesmo em algumas piscinas. 

Rejunte Epóxi

Outro tipo de rejunte é o Epóxi, que combina com qualquer tipo de peça, tanto por ser impermeável como também por possuir o melhor acabamento entre os 3 tipos de rejuntes. Entretanto, sua aplicação é um pouco mais complexa.

Já o rejunte acrílico possui a vantagem de já estar 100% pronto para o uso. É só cortar o sachê e começar a aplicar!

Vale lembrar também que indica-se esse material para áreas que podem sofrer com a água, pois este rejunte é impermeável.

Com base nessas características você já pode começar a pensar de forma mais criteriosa no rejunte que pretende utilizar no seu piso. Porém, ainda existem alguns outros fatores que levar-se em consideração, como a cor do rejunte.

Veja, como mencionamos anteriormente, o seu rejunte também possui uma função estética e decorativa dentro do ambiente. Ou seja, ele precisa combinar com o seu piso e valorizar o cômodo de acordo com o objetivo do projeto.

Portanto, é preciso avaliar se a cor deve se destacar no ambiente ou se mesclar a ele de forma sutil. No primeiro caso, deve-se optar por uma cor contrastante ao piso. No segundo caso, a cor deve ser próxima.

Rejuntes para piso e circulação de pessoas

Muitas pessoas não consideram a circulação de pessoas em um ambiente na hora de escolher  o rejunte. Esse é um erro crasso que pode gerar muita dor de cabeça.

Até porque, em um local onde circula-se uma grande quantidade de pessoas, é natural um acúmulo elevado de sujeira. Por consequência, será uma questão de tempo para que suas fugas comecem a ficar sujas.

Dessa forma, o mais indicado é optar por fugas mais escuras em locais de grande movimentação e fugas claras em locais mais tranquilos. Além disso, optar pelo rejunte epóxi nesses casos costuma ser uma boa saída.

Como você pode ver, o rejunte para piso possui um papel fundamental no seu ambiente e sua escolha deve ser criteriosa. Portanto, utilize aquilo que você aprendeu aqui para fazer a melhor escolha possível. 

Caso tenha ficado com alguma dúvida, deixe o seu comentário aqui embaixo para que possamos te ajudar da melhor maneira possível. Até mais!

Quer ver mais dicas sobre materiais para obra? Acesse nosso site! Além disso, acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das nossas ofertas!

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.