Pisos e porcelanatos

Pisos e porcelanatos para obra: conheça 5 tipos

pisos-e-porcelanatos-para-obra-distribuidora-campeão

Na hora de construir ou reformar, sempre surge uma dúvida: quais os melhores pisos e porcelanatos para obra? Isso porque existem várias opções diferentes, e é preciso cuidado para tomar a decisão na compra. Neste artigo, conheça 5 tipos e como escolher o melhor para sua obra. 

O momento de escolher os revestimentos para a obra é um dos que exigem mais cuidado. Isso porque existem vários tipos de pisos e porcelanatos, e cada um deles apresenta características diferentes.

Sendo assim, para escolher o ideal para sua casa, é preciso primeiro conhecer as particularidades de cada um. Isso porque, deve-se levar em consideração alguns fatores além da estética. Como o atrito e a possibilidade de usar em locais úmidos, por exemplo.

Por isso, no post de hoje você vai conferir 5 tipos de pisos e porcelanatos para obra. Assim poderá optar pelo melhor para suas necessidades. Continue conosco!

Conheça diferentes tipos de pisos e porcelanatos para obra

Para que sua escolha de pisos e porcelanatos para obra seja a mais acertada, confira a seguir 5 tipos diferentes:

  1. Cerâmica
  2. Porcelanatos
  3. Vinílico
  4. Laminado
  5. Cimento queimado

Cerâmica

A cerâmica é um tipo de piso muito versátil, pois existem inúmeros modelos no mercado. De diversas cores e texturas, os pisos de cerâmica trazem maior sensação de frescor ao ambiente e, se escolhidas com cuidado, combinam com sua decoração e de quebra facilitam a limpeza.

Na hora de comprar, saiba qual é o PEI da cerâmica observando a embalagem do material. Os pisos em cerâmica classificam-se de acordo com um teste de resistência, o índice PEI. Por isso, deve-se saber qual é o PEI do piso e assim, saber qual é a resistência do material e para qual ambiente é mais adequado. 

O índice vai de 1 (menos resistente, indicado a ambientes onde se caminha com calçados mais leves ou descalço, por exemplo dentro de casa) a 5 (mais resistente, recomendado para ambientes com maior tráfego de pessoas e atrito de sapatos e outros objetos, como restaurantes, lojas, corredores, etc.)

Porcelanatos

O porcelanato é um dos tipos de pisos e porcelanatos para obra mais utilizados. Seja pela sua estética ou pela sua facilidade na hora de limpar, é um piso muito popular. Esse tipo de revestimento também encontra-se em diversas texturas e cores, o que faz dele muito versátil.

Se você deseja utilizar o porcelanato na sua obra, precisa saber que existem três tipos diferentes, e isso interfere no resultado final. O porcelanato acetinado, por exemplo, é ideal para áreas externas, por ser menos escorregadio e mais áspero; esse tipo tem cobertura fosca.

O porcelanato polido é o tipo mais procurado devido ao brilho e textura lisa, o que dá um aspecto muito bonito a qualquer ambiente. Assim, indica-se para qualquer espaço interno, menos a área do box, por ser mais escorregadio.

O tipo esmaltado é coberto por uma camada de esmalte que dá a ele a textura desejada, seja lisa, áspera ou brilhante. Para saber onde utilizar este tipo, veja o índice PEI do porcelanato, como já explicou-se acima.

Vinílico

Entre os pisos e porcelanatos para obra, o piso vinílico é uma ótima opção para quem deseja mudar o revestimento do piso em uma reforma, devido à facilidade na hora de aplicar. Também indica-se bastante para áreas internas e residenciais por ser extremamente durável — só não deve entrar em contato com excesso de água — e antirruído.

A produção desse piso é a partir do PVC e outros materiais reutilizados e conta com sistema de encaixe para a instalação. Por isso, pode ser utilizado sobre um piso já existente e removido com facilidade, inclusive para utilizar-se em outro espaço.

Laminado: uma novidade nos pisos e porcelanatos para obra

Assim como o vinílico, o piso laminado é ecologicamente correto por ser feito de madeira reaproveitada ou de reflorestamento. O laminado tem ocupado grande espaço entre os pisos e porcelanatos para obra. Também é um piso extremamente durável, mas não deve entrar em contato com água em excesso e luz solar direta, pois pode ficar deformado.

Assim, o laminado é uma ótima opção para quem deseja um piso de madeira mas não pode investir muito na obra, além de contar com aplicação rápida e sem sujeira. A aplicação é feita em sistema de click ou cola, bem semelhante ao vinílico.

Cimento Queimado

O piso de cimento queimado está sendo cada vez mais utilizado por remeter a um estilo industrial e moderno. Além da tradicional cor cinza, o cimento queimado também pode ser misturado a outras cores, compondo bem qualquer ambiente.

Por ser uma superfície porosa, não deve entrar em contato com produtos químicos fortes. Também não pode ser utilizado em áreas molhadas ou úmidas (banheiros, cozinhas e lavanderias), então pense nisso na hora de comprar.

Conclusão sobre os diferentes tipos de pisos e porcelanatos para obra

No post de hoje, você conferiu 5 tipos de pisos e porcelanatos para obra. Agora, quando for construir ou reformas, já sabe exatamente o tipo que precisa ser utilizado em cada ambiente.

Quer ver mais dicas sobre materiais para obra? Acesse nosso site! Além disso, acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das nossas ofertas!

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.