Corte e Dobra

Sapata de construção: tipos e vantagens

Segundo a NBR 6122/2010, sapata de construção é um “elemento de fundação superficial, de concreto armado, dimensionado de modo que as tensões de tração nele resultantes sejam resistidas pelo emprego de armadura especialmente disposta para esse fim”.

De maneira mais simples, é a parte mais larga e inferior de um alicerce. Elas servem como auxílio em obras que necessitam de estruturas de concreto armado. Uma de suas funções é desviar do próprio concreto, a tensão e a pressão geradas pelas obras. Além disso, elas permitem a sustentação de vigas e colunas, o que facilita o trabalho dos operários. 

As sapatas de construção também são indicadas caso as sondagens de reconhecimento do subsolo indiquem a presença de argila rija e outras situações. 

No mercado, são encontradas sapatas de formas retangulares, quadradas ou trapezoidais. Uma grande vantagem desse material é que ela pode ser montada sem que se precise cavar a terra com máquinas ou ferramentas.

Conheça agora quais os tipos de sapatas de construção. Com isso, descubra a mais indicada para a sua obra.

Conheça os tipos de sapata de construção

Existem vários tipos de sapatas, que atendem a necessidades diferentes. Por isso, é preciso conhecer as suas características para identificar qual a mais apropriada para o seu projeto. Confira cada uma delas!

Sapata isolada

Esse tipo de sapata para concreto é feita para aguentar o peso e a pressão de apenas uma coluna. A forma retangular é a mais comum. Porém, essa estrutura pode ser construída até mesmo no formato redondo. Elas são interligadas pelo baldrame, que conectam as bases e distribuem melhor o peso da fundação.

Podemos dizer que é um dos tipos de fundações superficiais mais simples e fáceis de encontrar no mercado da construção civil. Ela é indicada para a composição de fundações assentadas em terrenos firmes.

Sapata corrida

A sapata corrida é ideal para pequenas construções como  muros, edificações de baixa altura, galpões, paredes de reservatórios e piscinas, entre outros projetos. Além disso, esse modelo é indicado para quem busca montar uma cerca. 

Esse tipo de sapata é uma pequena laje armada colocada ao longo da alvenaria que recebe o peso das paredes, distribuindo-o por uma faixa maior do terreno. É aquela sujeita à ação de uma carga distribuída linearmente ou de pilares ao longo de um mesmo alinhamento. 

Ela é feita com concreto ciclópico (concreto e pedras de mão). Seu formato é fino em relação ao seu comprimento e, por isso, pouco rígido.

Geralmente não é preciso usar máquinas especiais para a escavação. A sapata corrida é indicada para a composição de fundações assentadas em terrenos firmes.

Sapata associada

As sapatas associadas, também conhecidas como radier parcial ou sapata combinada, distribuem o peso de 2 pilares ao mesmo tempo. Podemos definir esse tipo como fundação superficial, podendo ser projetada com ou sem uma viga de rigidez.

Elas são ideais situações em que os pilares ou as colunas a serem sustentadas estão próximos demais um do outro, seja por falta de espaço ou devido ao projeto estrutural. 

Nos casos como esse, optar por construir as estruturas separadamente poderia acarretar em uma sobreposição perigosa de peso e formato, o que possivelmente geraria um acidente. Com isso, a melhor solução é fazer uma única gaiola, maior que as duas anteriormente separadas.

Sapata de construção alavancada

Esse tipo de sapata de construção é usada quando o pilar precisa de outra estrutura, que não a própria gaiola, para se manter equilibrado. Isso costuma acontecer por conta de algum obstáculo no caminho ou desnível que impede o pilar de ter um centro de equilíbrio coerente com a estrutura.

Com isso, é preciso erguer uma viga de equilíbrio entre duas gaiolas diferentes para gerar uma base mais sólida e firme. Dessa forma, é possível garantir a segurança na construção de qualquer tipo de sapata. Recomenda-se que elas tenham uma dimensão maior que 60 cm.

As vantagens das sapatas de construção

Se você está pensando em começar uma obra, saiba que as sapatas são elementos fundamentais em um projeto. Algumas das vantagens desse tipo de material são:

  • Baixo custo;
  • Rapidez de execução;
  • Capacidade de construção sem equipamentos;
  • Capacidade de construção sem ferramentas especiais.

Se você estiver precisando desse material para o seu projeto, confira as opções que temos disponíveis.

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.